Procedimentos e intervenções na área da saúde infantil

Desde pequeno é necessário entender a importância de adotar cuidados com a saúde, para garantir qualidade de vida e bem-estar.

Por isso, cabe aos pais, levar os filhos desde pequenos em seu médico que, geralmente, é o pediatra.

Esse profissional é especializado em saúde infantil e conseguirá acompanhar o crescimento e desenvolvimento da criança, assim como atuará na prevenção de doenças.

Além do pediatra, existem outros médicos que são especializados em ações específicas, que podem ser requisitados ao longo da vida.

O oftalmologista ajuda na saúde

Seja o oftalmologia pediátrica ou para adultos, a verdade é que esse profissional da saúde é fundamental para garantir a saúde dos olhos e consequentemente, para permitir uma visão melhor.

Ao longo da vida e desde crianças, é possível já ter alguns problemas de visão, como:

  • Miopia;
  • Astigmatismo;
  • Hipermetropia;
  • Algum tipo de desvio ocular.

Esses problemas acometem também as crianças e representam uma dificuldade para enxergar de perto ou longe, e no caso do astigmatismo, de forma embaçada, como em curvas.

Outro problema na visão que traz preocupações é a possibilidade de desenvolver uma catarata no futuro.

Essa doença consiste em uma perda gradual da visão, por conta da falta da transparência do cristalino, que é uma lente natural que fica em nosso olho.

Dentre os principais sintomas dessa doença, podemos afirmar:

  • Visão mais turva;
  • Redução da visão, principalmente, a noite;
  • Muita sensibilidade à luz;
  • Opacidade na visão;
  • Pode não manifestar sintomas.

Os sintomas podem se manifestar de forma lenta e gradual acometendo, principalmente, pessoas idosas.

De modo geral, a principal causa de catarata é o envelhecimento da pessoa. O cristalino, que é essa lente natural que citamos, contribui na formação da imagem em outra parte do olho, que é conhecida como retina.

Com isso, essa transparência permite que a imagem seja focada de forma melhor. Com essas opacidades que podem surgir ao longo da vida, o paciente pode até mesmo perder a visão.

Como citamos, a catarata pode surgir em pessoas mais idosas, por conta de um envelhecimento do cristalino. Porém, outras doenças como diabetes e doenças renais, além de inflamações no olho e uso de medicamentos com corticoides, podem afetar o cristalino.

Além disso, é importante conhecer também os tipos de catarata que existem, pois elas já podem nascer com o paciente ou se desenvolver ao longo da vida.

De modo geral, os tipos de catarata senil incipiente são as mais comuns. No caso da incipiente, representa que o cristalino está turvo em algumas partes, porém, a visão ainda permanece normal. Esse tipo de catarata não exige uma ação cirúrgica de forma imediata.

No caso da catarata senil, ela surge normalmente na fase idosa, porém, no caso do paciente diabético, essa doença pode se desenvolver. O tratamento, nesse caso, precisa ser cirúrgico, com introdução de uma lente.

Como citamos, os bebês podem nascer com esse problema e por isso, existe a importância de levar seu filho em um oftalmo para exames de rotina.

Outros procedimentos médicos

Além de ir ao oftalmologista, algumas crianças apresentam má formação, que pode ser genética ou não e que pode afetar o intestino grosso.

Nesse caso, a criança começa a sentir muitas dores na barriga, prisão de ventre intensa e pode até ter alguma infecção, por conta das fezes.

Neste caso, os médicos recomendam a inserção de uma bolsa de colostomia infantil. A colostomia é uma abertura realizada na barriga, com o objetivo de desviar as fezes no intestino grosso para aquela bolsinha.

Essa bolsa fica fixada no abdômen do paciente. Esse tipo de procedimento pode ser definitivo ou temporário, a depender do problema do paciente.

No caso da bolsa de colostomia interna, essa ação não é possível, já que é necessário remover a bolsa em alguns momentos para a limpeza e os pais precisam ser parceiros dos filhos nesse momento, ensinando como limpar e que a criança pode e deve ter uma vida normal.

A fase inicial de adaptação não é fácil, porém necessária.

Cuidados com os cabelos

Na infância, é um período de diversão e alegria. Infelizmente, muitas crianças se deparam com doenças agressivas nessa fase, que exigem uma maturidade muito grande.

No entanto, a diversão precisa existir para tornar o dia a dia dessas crianças melhor. Por isso, o uso de um spray de cabelo colorido pode ajudar a trazer o sorriso.

Os cuidados com o cabelo da criança também são importantes, não somente para proteção do couro cabeludo e pele, mas também para o fortalecimento dos fios.

Nesse caso, existem argilas no cabelo que ajudam no combate à oleosidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *