Os exames mais comuns e sua importância

Cuidar da saúde é uma obrigação pessoal de cada um que zela pela sua vida e pela qualidade dos momentos que experimenta junto aos amigos e familiares no cotidiano.

Por isso, realizar exames periodicamente é uma forma de garantir o bem-estar e assegurar-se de que tudo vai bem no seu corpo e na sua mente.

É nesse contexto que os laboratórios de análises clínicas são extremamente fundamentais, já que possuem uma equipe devidamente preparada e uma série de recursos para oferecer os serviços de avaliação da saúde por meio de exames laboratoriais variados.

No artigo a seguir, conheça mais sobre esse setor e saiba como os exames podem contribuir para a identificação da situação em que se encontra o seu organismo. Confira:

  • Importância dos exames;
  • Importância da recomendação profissional;
  • Objetivo do hemograma;
  • Tipos de exames de urina.

Cuidado com o susto desnecessário

Uma das maiores preocupações que as pessoas têm quando recebem os resultados de seus exames feitos em laboratório é se aqueles dados todos, com números que parecem aleatórios e informações difíceis de interpretar, estão revelando algo grave sobre a sua condição de saúde.

Em primeiro lugar, vale deixar bem claro que analisar os dados disponíveis e revelados no exame é uma função atribuída somente ao médico, pois ele é o profissional mais capacitado para interpretar o que dizem os números, as causas apresentadas no exame laboratorio, etc.

Isso porque os níveis de determinadas substâncias no corpo são apontadas por meio desses resultados, e só um profissional habilitado pode dizer com precisão o que eles significam.

Por isso, da próxima vez que você abrir o envelope e se deparar com uma série de dados que não parecem fáceis de interpretar com base em seus conhecimentos leigos, lembre-se de que somente o médico pode dizer verdadeiramente o que tudo aquilo significa.

Agora que você sabe que não deve tentar entender por conta própria o que os resultados de um exame apontam, vamos saber um pouco mais sobre a importância de alguns deles e como contribuem para a manutenção da sua saúde?

Complemento é diferente de substituição

Os exames realizados em laboratório são considerados complementares, pois não podem substituir a avaliação médica, de modo que realizar exames sem que haja um profissional da medicina apto para interpretá-los e avaliá-los conforme o seu caso não recomendado.

Dessa forma, um exame complementar tem como finalidade auxiliar em procedimentos variados que envolvem tratamentos diversos e diagnósticos mais precisos, solicitados sempre pelo médico responsável.

Além disso, vale ressaltar que todo exame está sujeito aos equívocos, seja por parte da máquina que realiza as interpretações com base em amostras, por parte dos bioquímicos que participaram do processo ou mesmo por parte do médico, que pode interpretar erroneamente um dado ou uma informação de extrema importância.

Hemograma

O famoso exame de sangue, conhecido tecnicamente como hemograma, pode ou não ser completo conforme as necessidades de solicitação perante o laboratório de análise.

Esse exame tem como principal objetivo avaliar três linhagens de células que fazem parte do sangue, sendo elas as hemácias, os leucócitos e as plaquetas.

Enquanto o teste das hemáceas busca apontar diagnósticos de anemia, que significa a redução dessa células vermelhas, os leucócitos são os glóbulos brancos, que ativam a defesa do organismo.

Já as plaquetas são responsáveis por realizar a circulação sanguínea, de modo que sua quantidade deve estar regulada para não ocasionar em uma circulação elevada (propensão a trombos) ou muito reduzida (tendência a sangramentos).

A coleta de sangue deve ser feita conforme todas as recomendações do laboratório e também do médico responsável, evitando erros no processo de análise e garantindo que será possível fazer uma avaliação precisa de todas as condições encontradas na amostra em questão.

Urina

Outro exame extremamente importante, realizado para diagnóstico de problemas diversos que podem afetar o sistema renal e urinário, é o exame de urina.

Existem três tipos: o tipo 1, o de 24h e a urocultura. Vale lembrar que cada um deles é voltado para um tipo de avaliação e nenhum exige o jejum que antecede muitos exames feitos em laboratórios.

O mais importante é realizar todo exame apenas sob supervisão e garantir que o laboratório escolhido seja de alta qualidade, promovendo um serviço mais eficiente que se reflete diretamente na sua saúde.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *