Melhorando o café da manhã de um atleta

O café da manhã é uma refeição extremamente importante no dia a dia de todas as pessoas. Para os atletas e praticantes de exercícios físicos, isso não é diferente.

Se alimentar corretamente no café da manhã, ingerindo os ingredientes que são necessários para fornecer a energia suficiente para a prática esportiva, é fundamental.

Essa energia pode vir a partir de alimentos como pao, leite, frutas, entre outros, por isso, começar o dia se alimentando de forma correta e balanceada pode influenciar diretamente no bom desempenho nas quadras, academias e piscinas.

Especialistas afirmam que não é indicado praticar esportes em jejum, pois pode haver queda dos níveis glicêmicos que podem prejudicar a performance do atleta.

Dessa forma, mesmo dormindo, o nosso corpo continua trabalhando e gastando energia e, ao acordar é de suma importância se alimentar para repor as reservas de energia do nosso corpo.

Nutricionistas também explicam que a importância do café da manhã também está no fato de que esse hábito dilui a fome ao longo do dia.

Sem tomar café da manhã, as pessoas vão descontar toda a fome na próxima refeição, consumindo uma quantidade muito maior de calorias de uma só vez. Se alimentar nas horas certas é importante para acelerar o metabolismo.

Na primeira refeição do dia, deve ser feito o consumo de alimentos que possuem carboidrato, como pão integral, além de frutas. A proteína magra, encontrada no leite e iogurte desnatados, por exemplo, além de estar presente nos queijos magros e ovos, é muito importante de ser ingerida nesse horário também.

Como a proteína auxilia na regulação e formação de hormônios, anticorpos e células, ela é um fator primordial na contração muscular. As gorduras devem ser evitadas, pois elas retardam a digestão e não fornecem energia para a prática de atividade física.

Dicas para um café da manhã balanceado

Cada pessoa necessita ingerir uma quantidade específica de nutrientes, dependendo das especificidades do seu corpo e do seu estilo de vida.

Dessa forma, é fundamental procurar um profissional que possa avaliar as suas necessidades e te prescrever a dieta mais indicada, pois dietas são particulares.

Porém, há algumas dicas que podem ser seguidas para melhorar um pouco a alimentação. No café da manhã, é ideal o consumo de:

  • Café com leite de aveia;
  • Pão integral com queijo branco;
  • Suco de frutas e pão integral com ovos;
  • Suco de frutas e sanduíche de pão integral com queijo branco e peito de peru;
  • Iogurte natural com aveia, mel e linhaça.
  • Frutas em geral.

O café da manhã deve conter cerca de quinze a trinta por cento da quantidade de calorias que vai ser ingerida ao longo do dia. Lembrando que esse valor varia muito de pessoa para pessoa.

Alimentação de um atleta

Uma das principais estrategias que pode auxiliar na obtenção de resultados positivos para o atleta é a correta alimentação. A quantidade e variedade de alimentos ingeridos depende da modalidade praticada, de quão intensos são os treinos, em quanto tempo vai acontecer a competição, dentre outros fatores.

Os atletas de forças, como por exemplo, lutadores, halterofilistas, atletas de ginástica olímpica, dependem do aumento da massa muscular para melhorar o rendimento dos seus treinos.

Sendo assim, o consumo de proteínas deve ser mais alto já os atletas de endurance, ou seja, aqueles que correm maratonas, ciclistas, iron man, precisam consumir muitas calorias, pois eles possuem um gasto energético bem alto.

As gorduras naturais, como linhaça, devem ser consumidas. Para as competições mais longas, é recomendado inclusive, o uso de gel que contenha carboidratos.

Nas modalidades de explosão, que são aquelas que alternam entre força e resistência física, como os esportes mais tradicionais (futebol, voleibol, basquete e tênis) os atletas passam por momentos de esforço físico extremo, intercalados com momentos de descanso.

Por esse motivo, esses atletas precisam ingerir todos os nutrientes, pois precisam tanto de massa muscular quanto de resistência física. Ao final dos treinos, é indicado o consumo de carboidratos, como pão integral, e proteínas que recuperam a musculatura.

Independente da modalidade que praticam, todos os atletas devem estar sempre muito bem hidratados, consumindo a quantidade de água necessária.

Atletas desidratados podem sofrer com problemas de redução da concentração, tontura, dor de cabeça e até câimbras musculares, que influenciam negativamente no rendimento dos treinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *