Saúde e bem-estar para a população idosa

Ao longo da vida, independentemente da idade, é muito importante que as pessoas busquem realizar ações de cuidado e prevenção da sua saúde.

Esse cuidado envolve a ida ao médico de forma preventiva, ou seja, antes de diagnosticar problemas e doenças, com a intenção de realizar exames de check-up.

Outras atividades importantes para a manutenção da qualidade de vida são:

  • Ter uma alimentação saudável, a partir de uma orientação nutricional;
  • Realizar exercícios físicos, com orientação profissional;
  • Realizar alongamentos para evitar lesões por exercício repetitivo;
  • Tomar vitaminas a partir da recomendação médica;
  • Evitar o consumo exagerado e frequente de bebidas alcóolicas;
  • Não fumar ou inalar fumaças;
  • Buscar tratamento psicológico, para viver uma vida com menos ansiedade;
  • Buscar fazer outras atividades para fortalecimento corporal, como yoga.

Com isso, ao fazer 60 anos e entrar para a fase idosa da vida, quando os cuidados com a saúde requerem uma atenção maior, a pessoa estará preparada para lidar com essas questões, que terão um impacto muito menor do que em pessoas que não buscam viver uma vida saudável.

Pensando na população idosa e nos cuidados que são necessários, é preciso saber sobre alguns itens que podem fazer parte da vida dessa pessoa que busca envelhecer de forma saudável, prevenindo e controlando o surgimento de doenças.

A proteção da saúde começa desde cedo

A proteção para a prevenção de doenças deve ter início desde cedo, para evitar complicações no futuro. Muitas pessoas realizam atividades com movimentos repetitivos sem o devido alongamento, sentem dores e ignoram, e se expõem aos raios solares sem proteção.

Alguns trabalhos, por exemplo, envolvem periculosidade, incluindo a exposição à radiação, e por isso é fundamental que a pessoa utilize equipamentos de proteção radiologica industrial, assim como os equipamentos de proteção individual que são recomendados para suas tarefas.

Essas ações são fundamentais para prevenir:

  • Acidentes no trabalho;
  • Desenvolvimento de câncer;
  • Dores em geral;
  • Estresse e desgaste.

Com esses cuidados, também no local de trabalho, a pessoa consegue ter mais qualidade de vida e prevenir o surgimento de doenças e acidentes de trabalho.

Equipamentos que podem ajudar no dia a dia

As doenças podem se desenvolver na fase idosa ou até mesmo ser intensificadas neste período. Por isso, é importante que o idoso adquira alguns equipamentos para ajudar na monitoria de alguns elementos essenciais para a prevenção da saúde. Alguns pontos de verificação envolvem a pressão arterial, por meio da busca por um medidor de pressão preço acessível.

Este equipamento consegue aferir a pressão arterial da pessoa, indicando se a mesma está dentro da normalidade. Muitas vezes, a pessoa pode sofrer com pressão baixa, que causa desmaios ou fraqueza ou ter o problema contrário, conhecido também como hipertensão arterial.

Esse problema a longo prazo pode causar infartos e derrames, comprometendo a qualidade de vida. Como existem medicações para ajudar com esse problema, é fundamental comprar aparelho de pressão e ter em casa, verificando pelo menos, uma vez ao dia como está a pressão desse idoso.

Inclusive, dependendo das dificuldades ou limitações desse idoso, é possível contratar um cuidador de idosos para realizar um acompanhamento diário da pressão, assim como de outras ações de monitoramento da saúde dessa pessoa.

Para consultar o preço de aparelho de pressão, existem várias farmácias que comercializam este equipamento, sendo possível realizar orçamentos antes da compra.

Além disso, por conta do desenvolvimento tecnológico, já existem equipamentos digitais que apresentam o resultado da pressão de forma prática, ágil e de fácil entendimento.

Esses aparelhos também costumam apresentar a frequência cardíaca do paciente, assim como seu nível de saturação, que é a quantidade de oxigênio nas células. Outros modelos de aparelho de medir pressão com estetoscópio, já contam com esse material, que facilita que o enfermeiro ou o médico que acompanha o idoso consiga verificar os batimentos cardíacos.

Além de focar na pressão arterial, verificando este índice, é fundamental que o paciente verifique também sua glicemia ou seu índice de glicose.

Isso vale, principalmente, para os pacientes que têm diabetes, ou seja, que apresentam alguma desregulação no controle do açúcar corporal. Um paciente pode ter complicações médicas se sua glicose estiver elevada.

Por fim, é importante ressaltar que esse paciente pode contar com alguns acessórios que facilitam seu dia a dia. Para favorecer sua locomoção, por exemplo, é possível contar com um andador para idoso, que é um equipamento que facilita o deslocamento do idoso que apresenta alguma dificuldade para se locomover.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *