Confira importantes detalhes sobre casas de repouso

Diversas pesquisas mostram que a população idosa do Brasil está em ascensão.

Isso implica em muitos desafios para a sociedade como um todo, como a adaptação de prédios públicos e privados.

A questão previdenciária e, claro, o cuidado que as pessoas mais velhas necessitam à medida que o corpo envelhece.

Na maior parte das vezes, a família se responsabiliza totalmente pelo conforto e pela segurança de seus parentes idosos.

O envio destes indivíduos para um asilo costuma ser um grande tabu, por mais que a rotina de cuidados se torne mais complexa a cada dia.

No máximo, costuma-se contratar um enfermeiro ou um cuidador de idosos para ajudar.

Entretanto, pouco a pouco, o estigma que há sobre tais estabelecimentos começa a desaparecer.

Afinal, já faz alguns anos que eles têm se transformado em locais humanizados.

Que proporcionam todos os cuidados que as pessoas de idade precisam para manter-se seguras e confortáveis.

Considerando enviar um ente querido para uma clinica de repouso?

Então continue lendo e aprenda algumas informações importantes a respeito deste local:

Existem moradias para idosos independentes

Especialistas em saúde na terceira idade afirmam que manter uma vida social ativa é tão importante quanto cuidar do corpo.

Isto porque, quando uma pessoa se relaciona, isso gera uma série de benefícios para a saúde em geral, tais como:

  • Criação de laços de amizade;

  • Proteção contra doenças degenerativas;

  • Redução do risco de depressão;

  • Aumento da criatividade.

Por conta disso, muitos idosos preferem viver em locais preparados para eles, com outras pessoas de sua faixa etária, por mais que suas condições físicas ainda lhes permitam viver com os familiares.

Nestes casos, a melhor opção é uma moradia para idosos independentes.

Como o seu próprio nome diz, estes locais funcionam como se fossem condomínios, mas totalmente adaptados às necessidades das pessoas de terceira idade.

Além disso, eles costumam promover atividades sociais, culturais e esportivas, o que proporciona uma excelente qualidade de vida aos moradores.

Da mesma maneira, é possível matricular um idoso em uma espécie de creche para a terceira idade.

Eles passam o dia no local, praticando atividades diversas, e retornam para a casa da família ao fim do dia.

É uma maneira de mantê-lo ativo física e mentalmente, o que é de grande ajuda para que ele seja independente por mais tempo.

Males degenerativos merecem cuidado redobrado

Muitas vezes, a opção por enviar um idoso a um estabelecimento especializado para cuidar dele vem devido ao avanço de uma doença degenerativa.

Nos últimos estágios, um mal deste tipo pode requerer assistência constante, até mesmo para atividades básicas, como comer e fazer a higiene pessoal.

Se for este o caso, é muito importante que a instituição que se encarregará do cuidado seja realmente preparada e especializada neste campo.

Portanto, os Asilos para idosos com Alzheimer costumam ser as melhores opções. Estes estabelecimentos contam com uma equipe multidisciplinar, capacitada para lidar com os sintomas da doença, mantendo os internos seguros e confortáveis o tempo todo.

Quando possível, o idoso deve participar da decisão

Por mais que na maioria dos casos a opção pela internação em um local como uma casa de repouso seja feita quando o idosos já não pode cuidar de si, é importante que, na medida do possível, ele participe da decisão.

Esta é uma boa atitude pois, muitas vezes, pessoas de idade sentem que são um fardo para a família, principalmente por conta da dependência até mesmo para realizar tarefas simples.

Deste modo, é importante deixar claro que viver em uma instituição qualificada é importante para a qualidade de vida e a segurança do próprio idoso.

A participação da família é fundamental

Apesar de os lares de idosos contarem com equipes especializadas para suprir as necessidades de pessoas nesta fase da vida, estes profissionais jamais substituem a atenção e o carinho da família.

De fato, as visitas periódicas de parentes são um elemento muito importante para a saúde mental das pessoas de terceira idade, e, consequentemente, para sua qualidade de vida.

Por conta disso, ao escolher o local para onde o indivíduo será enviado, é importante considerar a distância dos lares dos familiares.

Uma casa de repouso no Ipiranga, por exemplo, deve ser a primeira opção de pessoas que vivem nas proximidades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *