Cuidados para a saúde da mulher

A gravidez é um momento em que é necessário que as mulheres tenham ainda mais cuidados com a saúde devido à grande transformação do corpo nesse período.

Hoje, existem diversos tratamentos estéticos que podem ajudar na manutenção dos cuidados com a pele, por exemplo, que sofre com a ação das temidas estrias.

Uma das opções disponíveis no mercado para refrear o avanço desse problema é micropuntura para estrias, que pode ajudar a amenizar esse problema tão incômodo para as futuras mamães.

Como funciona a micropuntura?

O objetivo do tratamento é reduzir a profundidade das cicatrizes e restaurar a pigmentação da pele.

O método utilizado consiste em pequenas perfurações na pele visando a estimulação da produção de colágeno.

O procedimento é feito com um aparelho chamado dermógrafo, que possui uma agulha para fazer as micro perfurações.

As estrias são tratadas de forma isolada, em sessões de,aproximadamente, uma hora.

O número de sessões necessárias dependerá de cada paciente e o intervalo entre as sessões é de aproximadamente um mês, tempo necessário para a cicatrização da pele.

O tratamento pode ser realizado em estrias brancas e vermelhas, mas é importante ressaltar que ele não remove as marca, apenas suaviza.

Um outro problema que acomete as gestantes são as mudanças na pele, que pode ficar mais seca ou mais oleosa, e a limpeza de pele na gravidez é um dos cuidados recomendados para os cuidados da mulher nesse período.

Mas é necessário ficar atenta, pois existem algumas restrições.

Que cuidados ter ao fazer limpeza de pele?

As gestantes podem realizar limpeza de pele profunda na gravidez, mas é preciso tomar certos cuidados. São eles:

1. Não fazer uso de ácido

A pele absorve todo o ácido retinoico e isso pode causar inúmeros problemas para o bebê, portanto não é permitido seu uso durante os tratamentos na gravidez.

2. Procurar produtos menos agressivos

O ideal é que sejam usados produtos naturais e voltados para os cuidados com peles sensíveis, uma vez que a sensibilidade da pele aumenta devido a gestação.

Por conta disso, o desenvolvimento de alergias é mais propício.

3. Não mexer em acnes

Uma das mudanças possíveis durante a gravidez é o aumento da oleosidade na pele e, com isso, torna-se normal o aparecimento de acnes na região facial.

A limpeza de pele deve fazer apenas a remoção de cravos, mas não deve mexer em acnes. A limpeza de pele constante ajuda a inibir a formação de espinhas.

4. Usar protetor solar

Após a limpeza, é importante redobrar os cuidados com o protetor solar, pois a pele fica mais fina e a falta de proteção pode favorecer o surgimento de manchas.

E para aquelas mulheres que desejam a maternidade e ainda não conseguiram, a infertilidade e esterilidade são os próximos tópicos. É importante esclarecer os conceitos e suas diferenças.

É importante esclarecer alguns pontos sobre infertilidade

A infertilidade é o termo usado para a dificuldade de engravidar. Já a esterilidade é a nomenclatura atribuída à incapacidade de gestação.

A infertilidade pode ser identificada tanto em casais que nunca tiveram filhos e encontram dificuldades.

E nesse caso devem fazer os exames necessários para descobrir se há algum problema, quanto casais que já tiveram filhos e não conseguem engravidar novamente.

As causas de infertilidade podem estar associadas tanto a problemas masculinos quanto femininos.

Nas mulheres, as causas mais comuns são problemas hormonais, que impedem a ovulação; síndrome de ovário policístico; endometriose, além de problemas no útero e nas trompas.

Nos homens, as causas mais comuns estão relacionados a inflamações que podem acometer os órgãos como a uretra, os testículos e a próstata.

A fertilidade, infertilidade e esterilidade demandam atenção em cada caso específico.

A fertilidade pode ser controlada de maneira adequada para a concepção com técnicas como o cálculo do período fértil.

Assim como métodos contraceptivos podem ser usados para o desejo de inibição da fertilidade, com remédios, como o anticoncepcional e injeções, além de métodos como diu e uso de preservativos.

A infertilidade, como mencionado, pode ter causas diversas, mas é possível fazer tratamentos com antibióticos em caso de infecções ou até mesmo cirurgia para casos específicos de problemas nos órgãos reprodutores.

Caso os problemas não sejam solucionados, é possível fazer uso de técnicas de reprodução assistida, como a inseminação artificial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *