Cuidados com a saúde que toda mulher pode precisar

Cuidar da saúde física e emocional é uma questão de sobrevivência. Quando se pensa na saúde que envolve a rotina da mulher então, as demandas podem ir desde a necessidade de ir até um consultório ginecológico completo para exames de rotina até intervenções estéticas.

O cuidado com a saúde feminina pode ter várias origens: física, psicológica, de rotina, contexto da adolescência, fase adulta, menopausa ou período de maternidade. Em cada fase da vida, é natural que as prioridades mudem. No entanto, é fundamental tirar um tempo, mesmo que mínimo, para cuidar da saúde.

Esses cuidados podem envolver desde a realização de uma Aula de Pilates Solo para que a mulher faça exercícios corporais e mudanças mentais, até a realização de consultas e exames de rotina.

Quer saber mais sobre como funcionam os cuidados com a saúde da mulher na prática? Continue lendo e saiba mais.

Consultório ginecológico completo: o que é?

Da realização de exames de rotina como o papanicolau, também conhecido como preventivo até avaliações gerais, o ginecologista é um médico que não pode faltar na lista de contatos de uma mulher.

Neste sentido, contar com o atendimento de um Consultório ginecológico completo pode ser uma alternativa muito interessante.

Além da possibilidade de detectar e tratar doenças que envolvem o aparelho reprodutor feminino, ter acesso à ginecologia é muito importante para entender melhor o próprio corpo.

Não é à toa que a detecção do câncer de colo de útero (HPV), o uso de métodos contraceptivos como o anticoncepcional e dispositivo intrauterino (DIU) são necessidades que passam pelo Consultório ginecológico completo.

Não existe uma idade ideal para a mulher começar a frequentar esse profissional. Algumas iniciam as consultas após a menstruação, outras após a primeira relação sexual.

Independente da situação, o médico ginecologista é aquele que precisa estar sempre na sua rotina. Afinal de contas, você pode precisar desses conhecimentos para:

  • Identificar e tratar infecções/alterações no organismo;

  • Prevenir doenças;

  • Realizar exames de rotina;

  • Buscar autoconhecimento do próprio corpo.

Obstetrícia e cuidados na maternidade

Quando a mulher se torna mãe, outro profissional que segue uma linha parecida com a do ginecologista é o obstetra. Não é à toa que a residência nessa área leva o nome de ginecologia e obstetrícia. Na prática, o obstetra acompanha a mulher durante todo o ciclo da gravidez, da gestação até o pós-parto.

É por isso que pesquisar a experiência desses profissionais e ter confiança no trabalho deles é tão importante. Afinal, o cuidado de saúde envolve não só a mãe, mas também o bebê.

Sobre esse assunto especificamente, há muitos critérios que devem ser considerados. São exemplos:

  • Acompanhamento de pré-natal;

  • Realização de exames como ecografia;

  • Preparação para o parto.

Quando se pensa na hora do parto, é comum que as mulheres tenham um frio na barriga. Afinal, será que é importante ter um enxoval de bebê unissex caso esse momento ocorra mais cedo do que o esperado? Qual é o melhor momento para preparar o enxoval? Quais são os itens que não podem faltar nessa hora?

Além dessas dúvidas, é comum que as futuras mamães se preocupem com outras questões como o tipo de parto, as técnicas que podem aliviar essa sensação e a estrutura da maternidade.

Cada mulher vai sentir dores e contrações em um ritmo e intensidade diferente, mas, de forma geral, técnicas como a massagem relaxante fazem parte deste contexto.

Além da passagem, existem outras práticas como exercícios corporais que envolvem a respiração e técnicas que podem aliviar a sensação de dor e promover a sensação de bem-estar e relaxamento na futura mãe.

Planejamento é sempre a melhor opção para esses momentos. Por isso, se você é gestante ou pensa em ser mãe, não deixe de pensar nos cuidados que envolvem essa fase. Listamos abaixo algumas dicas para fazer esse exercício, confira:

  • Deixe a bolsa maternidade preparada antes;

  • Procure saber mais sobre as maternidades;

  • Faça acompanhamento gestacional;

  • Converse com outras gestantes;

  • Tenha uma alimentação equilibrada;

  • Separe roupas confortáveis.

Em relação às saídas de maternidade, há outros detalhes que não podem faltar neste contexto.

A confecção e preparo de outras peças e recursos como o que é chamado de saquinho de maternidade é um exemplo.

Como o nome sugere, esse saquinho é uma acessório que pode ser usado para guardar diversos itens do bebê como fraldas, utensílios de higiene, etc.

Aula de Pilates Solo e exercícios

De forma geral, praticar exercícios físicos é algo que atrai uma vida mais saudável. A prática dos exercícios pode envolver atividades mais simples como uma caminhada diária até práticas mais específicas.

Uma Aula de Pilates Solo, por exemplo, é algo que pode ser praticado com aparelhos e exercícios específicos. Essencialmente, esse tipo de prática serve para tonificar os músculos, trazer mais flexibilidade, equilibrar a coordenação motora e melhorar a respiração do indivíduo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *