Como é feito o procedimento de limpeza de pele

O procedimento de limpeza de pele é um dos mais pesquisados na internet, principalmente quando o foco é fazer isso em casa.

Dessa maneira, não basta saber apenas quais são os passos mais básicos, mas sim como fazer cada uma das etapas que podem mudar o aspecto da sua face.

Pensando nisso, separamos aqui o melhor esquema que você vai encontrar, com dicas de produtos em cada uma delas, para escolher e alcançar os seus objetivos.

Então, vamos começar?

1. Limpeza da pele – Começando pelas principais sujidades

Para começar, o primeiro passo é retirar as principais sujeiras que podem estar na camada mais superficial da pele.

Dessa forma, consiste em eliminar maquiagens, cremes ou outros produtos que você passou, além de partículas de poeira.

Geralmente, esse passo é feito no chuveiro, durante o banho.

Entretanto, para fazer uma limpeza completa, é essencial que você faça isso fora do banho, com tempo e muita calma.

Portanto, você pode utilizar um demaquilante, que é um produto específico para a retirada de maquiagem.

Outra opção é utilizar apenas água limpa e sabonete neutro. Mas lembre-se de retirar todo o sabão da face.

Uma dica especial é escolher produtos com chá verde ou aloe vera, que são capazes de desintoxicar o tecido, facilitando na limpeza.

Além do mais, utilize uma gaze para espalhar e limpar a pele com movimentos circulares.

Mas sem esfregar o tecido.

Um outro produto que vem sendo muito utilizado é a água micelar, que tem um efeito poderoso de limpeza e não agride o tecido.

Inclusive, essa água pode ser utilizada no dia-a-dia e existem diversas marcas disponíveis no mercado.

2. Procedimento de limpeza de pele – Abertura dos poros

Depois de limpar a pele, é hora de abrir os poros, para fazer uma limpeza mais profunda.

Nessa etapa, alguns cursos online podem ensinar diferentes técnicas.

Por exemplo, alguns dizem que é ótimo colocar a face sob uma bacia com água quente, já que o vapor auxilia no processo.

Mas nem sempre essa é a opção mais fácil, não é mesmo?

Então, se essa não for uma boa opção, você pode utilizar gaze ou algodão com água morna, que podem ser colocados sob a pele por alguns segundos.

É importante lembrar que a água não deve estar muito quente, já que isso pode deixar o tecido irritado e até queimar.

Vá fazendo isso aos poucos, por uma média de cinco minutos.

Importante

É depois deste processo que os profissionais realizam a retirada de cravos.

Porém, para evitar marcas, é preciso ter muito cuidado ao fazer isso e sempre pressionar nas laterais com a ponta dos dedos, nunca com as unhas.

Uma outra opção, é utilizar as pinças, que auxiliam bastante no processo.

Você também pode fazer depois da esfoliação, já que o processo ajuda na retirada de alguns cravos e também na abertura de poros.

Caso tenha um volume muito alto de espinhas, cravos ou quadro de acne. Não faça em casa e procure um dermatologista para iniciar um tratamento adequado.

3. É hora da esfoliação

A esfoliação é aquele tipo de etapa que sempre causa algumas dúvidas.

Desse modo, existem três pilares que você deve seguir:

  • Nunca esfregar a pele: os movimentos devem ser circulares, suaves e pontuais para ter resultado;
  • É essencial utilizar produtos que tenham efeitos positivos e evitar quaisquer um que possam deixar a pele sensível demais;
  • Para auxiliar no processo, ao invés dos dedos, você pode utilizar uma gaze.

Uma outra recomendação é sempre ter cuidado em regiões muito sensíveis, como nas pálpebras e na região das olheiras.

Portanto, o foco da esfoliação deve ser sempre a região da testa, nariz, queixo e bochechas. Mas com pressões diferentes.

A esfoliação pode ser feita com diferentes produtos, desde os comprados, que são os mais indicados, até algumas receitas caseiras, como mel com açúcar.

É importante que o produto tenha os microgrânulos, que fazem a esfoliação, mas que não machuquem o tecido, o que pode provocar ardência.

Dessa forma, faça a sua escolha e siga os três pilares citados acima.

Por fim, utilize uma gaze limpa para retirar todo o produto da pele.

4. Máscara calmante é parte do procedimento de limpeza de pele

A máscara calmante tem como foco tranquilizar o tecido depois da limpeza, esfoliação e extração de cravos.

Com isso, reduz a vermelhidão e causa uma sensação de alívio.

Essas máscaras podem ser compradas em potes ou sachês e são muito comuns em lojinhas de produtos naturais, de make-up e assim por diante.

Logo, você pode escolher entre vários preços, marcas e opções.

Exemplo disso são as máscaras de aloe vera, ouro, camomila, pepino e assim por diante.

Lembre-se de escolher uma que realmente seja calmante.

Algumas opções também vêm escrito na embalagem que é pós extração, o que também é interessante.

Depois de aplicada na face toda, deixe por alguns minutos e utilize uma faze limpa com água para retirar todo o produto da pele.

5. Finalização da limpeza

Por fim, o curso de limpeza de pele define que depois dos quatro passos anteriores, é hora de finalizar toda essa limpeza profunda.

A finalização consiste em garantir que os cuidados diários com a pele sejam colocados em prática.

Desse modo, é essencial escolher um creme hidratante e um protetor solar, ou mesmo um produto que tenha as duas funções.

Então, faça a aplicação e espere secar antes de sair ao sol.

Como a pele fica mais sensível depois da limpeza, é essencial aplicar o protetor para evitar qualquer mancha ou mesmo vermelhidão, que pode deixar a pele marcada.

Entre as recomendações dos especialistas, é fazer a esfoliação em um final de semana de folga.

Logo, deve-se evitar o sol antes e depois, por 24 a 48 horas. Para limpezas mais profundas, espera-se mais tempo.

Além disso, você pode utilizar produtos bactericidas após a retirada da máscara calmante, para evitar qualquer infecção ou inflamação.

Quando as espinhas ou acne estiverem sensíveis e inflamadas, a recomendação é nunca fazer a limpeza.

Primeiro, siga com o tratamento recomendado.

Por fim, você ainda ficou com alguma dúvida sobre como é feito o procedimento de limpeza de pele?

Comenta aqui embaixo para que eu possa ajudar você ou aproveite para compartilhar as suas experiências.

Lembrando que o ideal é sempre procurar um profissional qualificado para fazer isso.

Grande abraço e até o próximo post!

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Certificado Cursos Online, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre cursos, educação e diversos segmentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *