Como é feito a criolipólise?

Os mais variados tratamentos estéticos disponíveis podem contribuir não apenas para a tão sonhada mudança de visual como também para a saúde como um todo, já que possui impactos diretos na auto-estima e na satisfação das pessoas.

Dessa forma, é importante conhecer os procedimentos mais procurados nos dias de hoje, do que se trata e como eles podem ajudar você a ficar mais bonita sem precisar passar por nenhum tipo de processo cirúrgico.

No artigo a seguir, saiba mais sobre dois dos tratamentos mais comuns e como eles são feitos. Além disso, confira dicas imperdíveis para quem está na fase dos cuidados pós-procedimento.

Criolipólise

Desenvolvida por pesquisadores estadunidenses, a chamada criolipólise é um tratamento de extrema eficácia que faz uso de temperaturas baixas para eliminar gorduras localizadas, em especial a papada.

Por meio de um aparelho criolipólise, colocado sobre a superfície da pele, as células de gordura ali presentes acabam congelando por conta da temperatura negativa e, com isso, são destruídas.

Isso acontece porque os chamados adipócitos, que são as células da gordura, acabam se rompendo totalmente com a exposição a graus negativos, de modo que, posteriormente, o corpo começa a entender que eles não fazem mais parte do organismo, expelindo-os naturalmente.

A Criolipólise para papada é uma das mais procuradas pois apresenta uma série de benefícios e seus resultados são muito rápidos e notáveis.

Vale lembrar, porém, que é absolutamente importante buscar por centros de estética e profissionais devidamente capacitados, evitando transtornos e procedimentos negligentes que podem colocar sua beleza e sua saúde em risco.

A criolipólise pode ser feita em qualquer parte do corpo, desde que haja gordura localizada e o aparelho possa alcançar a superfície da pele de forma uniforme e eficaz.

A Criolipólise para culote, por exemplo, também está entre as mais buscadas, já que muitas pessoas estão em busca de eliminar de uma vez por todas os temidos pneuzinhos.

Vale ressaltar, portanto, que esse é um tratamento indicado para pessoas que possuem gordura localizada e querem eliminar esse elemento indesejado de seu corpo, aumentando a autoestima, aprimorando sua saúde e se tornando muito mais leve e flexível em diversos aspectos.

Muitas pessoas se perguntam se a criolipólise causa incômodo ou dor, mas especialistas informam que a região é anestesiada antes do procedimento começar e que, se houver algum incômodo na hora de retirar o aparelho, ele não durará mais do que um instante.

As marcas da aplicação também são passageiras e, no geral, a maioria das pessoas se satisfaz muito com os resultados obtidos.

Já com relação aos procedimentos pos criolipolise, vale lembrar que é importante estar em contato frequente com seu médico, que vai instruir sobre os detalhes desse período determinante para a obtenção de resultados de sucesso.

Criofrequência

Já a chamada criofrequência é um tratamento especificamente facial que tem como principal finalidade a redução do excesso de gordura, pois renova o colágeno presente na pele e, ainda, aumenta a firmeza e a luminosidade.

Dessa forma, se você se pergunta ainda o que é criofrequência, saiba que esse procedimento não-invasivo é uma maneira de recuperar sua auto-estima sem precisar passar por uma cirurgia ou por um procedimento mais complexo.

Assim como no caso da criolipólise, a criofrequência também é feita a partir da aplicação de um aparelho especialmente projetado para esse tratamento, o que torna o procedimento muito mais seguro e eficiente.

Sem nenhum tipo de corte, ou lesão na pele, os mais vaidosos podem contar com essa alternativa perfeita. No geral, portanto, a Criofrequência no rosto é indicada para pessoas que possuem:

  • Gordura localizada na bochecha, papada ou queixo duplo;
  • Flacidez no rosto ou no pescoço;
  • Rugas e marcas de expressão acentuadas;
  • Fibroses pós-operatórias.

Vale ressaltar, por outro lado, que pacientes com câncer de pele, marcapasso, dermatite e também gestantes e lactantes não podem passar por esse procedimento.

Os resultados podem ser notados rapidamente, mas são necessárias, em média, de seis a oito sessões para eles se tornarem mais expressivos.

O mais importante é contar com profissionais da saúde devidamente capacitados e habilitados para a aplicação desses tratamentos, que, quando negligenciados, podem afetar drasticamente a saúde do paciente. Por isso, vale a pena buscar por centros de estética certificados e reconhecidos, garantindo os resultados esperados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *