As atividades nas casas de repouso para idosos

Um dos itens para que um país seja considerado bom de se viver é a quantidade de pessoas idosas em sua população. Isso acontece, porque cidades e países que possuem boa qualidade de vida, consequentemente garante que seus cidadãos vivam mais.

No Brasil, o índice da população de idosos vem crescendo, sendo em 2015, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 14,3% da população do país.

Consequentemente a procura de casa de repouso vem crescendo, para que essa população seja atendida, principalmente, para aqueles idosos que por conta da vida estão isolados ou sozinhos.

Assim, essas instituições são importantes para a interação social e também para a saúde mental e física do idoso.

Neste artigo abordaremos as atividades que estão presentes nas casas de repouso, asilo para senhoras, que ajudam e muito a melhoria da qualidade de vida, bem como escolher uma casa de repouso de confiança e com segurança.

Entendendo as características das casas de repouso

As casas de repouso são conhecidas também como Instituições de Longa Permanência (ILPI).

Essas instituições tem como objetivo o acolhimento de pessoas idosas saudáveis e que possuem autonomia completa ou parcial, e que precisam de ajuda de um cuidador de idoso para realizar algumas atividades como a alimentação, o banho e outras ações.

Importante lembrar que as ILPI não oferece suporte para cuidados médicos constantes, apenas, possuem enfermaria para problemas pontuais e cuidados de rotina.

Caso o idoso precise de um acompanhamento constante é mais indicado uma clínica geriátrica, pois elas tem como objetivo observar de forma médica o idoso, dando assistência completa, inclusive, em alguns casos promovendo consulta médica domiciliar.

Para que as casas de repouso sejam de confiança e seguras, são importantes atentar-se para alguns pontos como:

  • A regularização da instituição;
  • A verificação das instalações;
  • Se há acompanhamento de uma nutrição comportamental;
  • Atendimento e relacionamento com os idosos.

Também é muito importante que o corpo de cuidadores seja bem qualificado e que atenda os idosos de forma respeitosa. Todas as regulamentações das casas de repouso são feitas pela resolução RDC 283/2005 da Agência Nacional da Vigilância Sanitária (ANVISA).

Atividades nas casas para idosos

As casas de repouso de uma maneira geral é uma residência para os idosos, e para isso é muito importante que haja uma rotina para essas pessoas para que o tempo seja tomado por atividades que promovam o bem-estar e a qualidade de vida, e consequentemente a saúde.

Muitas pessoas esquecem que as pessoas idosas precisam de atenção e interação, e por conta disso, não entendem a importância das atividades.

Assim, as casas de repouso promovem diversas atividades para os idosos que vão desde ginástica laboral para idosos, jogos de tabuleiro e terapias diferenciadas.

Essas atividades permitem trazer aos idosos lazer, experiências novas, promovem à interação social, criação de novas relações, e o otimismo com a vida. Por isso, as atividades das casas de repouso são essenciais para a qualidade de vida.

Existem muitas atividades que são realizadas nessas instituições são variadas, que vão desde as mais simples até as mais específicas. Desse modo, falaremos de algumas.

Uma das atividades mais simples e que promovem a interação e o desenvolvimento da concentração e do raciocínio são os quebra-cabeças. Essas atividades ocupam grande parte do tempo ocioso e estimulam a recreação e o lazer dentro da instituição.

Outros jogos são essenciais para promover também a percepção, como o caso dos jogos de tabuleiro, como dama e xadrez. Algumas atividades que promovem a qualidade de vida e a interação social é o bingo.

Os bingos promovem o convívio social ajudam no desenvolvimento da saúde mental por estimulam a agilidade e a capacidade de percepção.

Existem atividades mais físicas como a dança, e essa atividade traz muitos benefícios como o fortalecimento dos músculos e das estruturas ósseas.

Desse modo, a dança é uma atividade social e que permite a oxigenação das células, além de facilitar a respiração. A ioga também é um tipo de exercício físico e promovem o alívio do estresse pois trabalham o corpo e a mente. É importante que o idoso passe por avaliação física para a prática do ioga.

Assim, vimos que as casas de repouso precisam desenvolver atividades para que a qualidade de vida do idoso seja garantida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *